Saiba qual tipo de brita utilizar para ter sucesso e qualidade em sua obra

Grupo SN | 05/02/2019

A brita é fabricada em vários tamanhos, e cada tamanho possui uma finalidade para que as obras tenham o máximo de eficácia e qualidade possível.

Cada tipo de construção necessita de um ou mais tipos de brita e elas também atuam diretamente na qualidade do concreto.

Grandes construções, como prédios e avenidas, por exemplo, utilizam vários tipos de brita em suas estruturas.

Mas não se preocupe! A SN Britas te ajuda com a tarefa de conhecer as finalidades de cada tipo de brita e assim prezar pela qualidade de sua obra. Confira:

Pó de Pedra:

O pó de Pedra possui o tamanho máximo de 5mm e é usado na fabricação do concreto com textura fina para utilização em calçadas; estabilizador de solo na produção de argamassa para o contrapiso; na fabricação de pré-moldados, para que o concreto tenha maior facilidade de modelagem, e também é muito utilizado por empresas na fabricação de asfalto.

Brita 0:

A malha da brita 0 é de 12mm. Como ela é bem pequena, é utilizada para produzir vigas; lajes pré-moldadas; tubos; blocos de concreto para construções e fundações; paralelepípedos de concreto moldados e de encaixe; para produção de chapisco, blocos e manilhas.

Brita 1:

Possuindo malha de 24mm, a brita 1 possui o dobro do tamanho da brita 0 e é a mais utilizada nos trabalhos de construção civil. Por conta disso, é a mais usada para produzir concreto para pilares, vigas e lajes. Em construções de grande porte, como edifícios e salões comerciais, ela é mais utilizada ainda.

Brita 2:

A brita 2 tem malha de 30mm e é utilizada somente em concretos mais resistentes, normalmente em grandes construções, que necessitam suportar maior peso. O nome do concreto é concreto bruto e é utilizado em pisos de maior espessura.

Pedra de mão:

A Pedra de mão, também conhecida como rachão, possui malha de 200mm e é utilizada em fundações em geral, assentamento de bloquetes, calçamento, drenagem de áreas alagadas, muros de contenção e nivelamento de áreas.



Comentários